SABEDORIA - GEOMETRIA VIRTUOSA

 

O criador imprimiu uma simetria divina onde tudo está em idênticas proporções geométricas. Vemos isso nas árvores, nas flores, nas artes indígenas, nas pinturas clássicas... 

 A geometria virtuosa está presente nos grafismos indígenas tradicionais, chamados de KENES (pela família linguística Pano), e representam uma parte importante da identidade dos povos originários, cada um com sua beleza, conectados com a cosmologia e com a história de seu povo.

As mulheres indígenas das etnias Waurá, família Aruak, no Xingu, e Huni Kuin, família Pano, no Acre confeccionaram vestimentas especiais com miçangas de vidro para o Óleo Espanta Peia.

A profunda relação dos povos originários com a floresta, e sua resistência de 500 anos, é responsável pelo equilíbrio dos ecossistemas. São eles que prestam serviços ambientais gratuitos à população brasileira na manutenção e preservação da floresta em pé, viabilizando a vida de todos os seres no planeta.

Viridis e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa

Pre-loader
Carregando Ambiente Seguro